Postado em 14/03/2017 - Fonte: DCI - SP - Por: Thaise Constancio

Sebrae/RJ cria portal para incentivar e orientar MPEs

Oportunidades de Negócios reúne informações sobre licitações e pregões eletrônicos de órgãos públicos e empresas privadas de todo o país

Rio de Janeiro - Para incentivar o desenvolvimento e aumentar a competitividade de pequenas e médias empresas (MPEs) fluminenses, o Sebrae/RJ criou um canal específico: o portal Rio Oportunidades de Negócios.

Nele, os empresários têm acesso a licitações e pregões eletrônicos de órgãos públicos das três esferas de governo, e de empresas privadas, nacionais e internacionais, que atuam dentro ou fora do estado.

"Divulgamos as oportunidades de negócios e publicamos relatórios de inteligência com dados sobre a saúde financeira do comprador, especificações de produtos ou serviços e outras informações para auxiliar a tomada de decisão do empresário. Há, também, notícias diárias sobre economia", explica o gerente de Conhecimento e Competitividade do Sebrae/RJ, Cezar Kirszenblatt.

O portal é estruturado em quatro grandes áreas: Compras Governamentais, Grandes Empreendimentos, Eventos e Negócios Internacionais e Desenvolvimento da Região Portuária/ Cidade do Rio.

Um robô busca os editais na internet e a equipe do Sebrae analisa os dados. Apesar de ter informações sobre licitações e pregões em todo o país, apenas empresas com CNPJ do estado do Rio podem se cadastrar no portal. O empresário recebe notícias e alertas sobre um ou vários setores, além de cursos e capacitações do Sebrae para se preparar para os processos licitatórios.

Desde que foi lançado, em maio de 2016, já foram 112 mil acessos, 1,6 mil cadastros, 46 relatórios de inteligência com informações qualificadas sobre o comprador e o processo licitatório. Foram 3,2 mil downloads de relatórios, 829 notícias de impacto e 17 casos de sucesso de empresas que conseguiram fechar negócios.

Âncoras

O programa Compra Mais 2, do governo do estado, é o principal "mercado" de Compras Governamentais. No portal, os empresários acessam informações sobre benefícios concedidos às MPEs nas contratações por órgãos públicos, orientação para emissão de certidões etc.

"Logo no acesso, lembramos ao empresário que ele pode pensar em fornecer seus produtos e serviços para estados em situação financeira melhor que o Rio", lembra Kirszenblatt.

Já o programa Grandes Empreendimentos tem como objetivo adequar as MPEs aos requisitos das grandes empresas para facilitar a contratação. Eventos e Negócios Internacionais está direcionado para empresas privadas de eventos que ocorrerão, prioritariamente, no estado.

Também há um trabalho específico para a região portuária carioca, em parceria com a prefeitura, que visa incentivar o desenvolvimento da localidade. A área foi pensada para reunir tanto empresas quanto residências, mas com a crise econômica o ritmo de ocupação foi reduzido drasticamente. A ideia era preparar os pequenos negócios para as oportunidades que surgiriam na região.

"É um espaço bonito que está sendo planejado e requalificado. Quando as grandes empresas se instalarem, o pequeno negócio vai poder interagir com funcionários e moradores, oferecer serviços como salão de beleza, academia de ginástica, papelaria, bares e restaurantes, entre outros. Mostramos aos pequenos empresários que essa é uma opção viável de local para começar um negócio e o orientamos nesse processo", diz.

No Rio Oportunidades de Negócios, os empresários podem acessar licitações realizadas há até seis meses. Assim, pode saber sobre o preço final pago nos editais e o preço médio do produto ou serviço no mercado.

"Os pequenos negócios são os grandes empregadores do Brasil e não é diferente no Rio. No portal, oferecemos dados que preparam o empresário para participar da licitação e ter chances de fechar negócios em um momento de crise", ressalta o gerente do Sebrae/RJ.

Thaise Constancio

Comente »