Postado em 05/02/2018 - Fonte: Folha de S.Paulo

Mudanças após a reforma

Parcelar férias de funcionários foi a mudança aplicada mais rapidamente por empresas de contabilidade após a reforma trabalhista, segundo o Sescon/SP (sindicato paulista do setor).

Essa medida foi citada como prioridade por 19% dos 400 empresários ouvidos.

"É uma das alterações que podem ser adotadas sem a participação de sindicatos, que já eram parcialmente praticadas antes das novas leis", afirma Marcio Shimomoto, presidente da entidade.

O emprego intermitente, quando funcionários são convocados de acordo com a demanda, é o ponto considerado mais distante de ser implementado, devido à insegurança jurídica que existe sobre o tema, diz Shimomoto.

"A reforma trouxe o formato, mas não os detalhes. É algo que vai ser aplicado à medida que tivermos convenções coletivas."

mercado aberto

cristina.frias1@grupofolha.com.br

Comente »