Postado em 04/09/2019 - Fonte: Fenacon

Fenacon defende entendimento entre órgãos do governo para avanço do eSocial

Representantes do Sebrae, Fiesp, CNI e CFC também participaram do encontro

O vice-presidente Administrativo da Fenacon, Wilson Gimenez Júnior, participou da 31ª Reunião do Grupo de Trabalho Confederativo do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial), nesta quarta-feira (4), no auditório do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), em Brasília.

Gimenez fez uma explanação sobre os principais pontos de atenção do eSocial que, inclusive, já foram entregues pela Federação à Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, e enfatizou a falta de comunicação do governo no que diz respeito às ações de divulgação do programa.

Outras questões sinalizadas pelo vice-presidente foram relacionadas à Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf) e a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTFWeb). “Não se pode desplugar essas obrigações do eSocial porque não atingiremos a simplificação e os principais objetivos do programa. Tudo faz parte do contexto de desburocratização e facilidade para a vida das empresas e dos cidadãos”, reforçou.


Na reunião, compareceram o coordenador-geral do projeto eSocial na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, João Paulo Ferreira Machado, e o Auditor-Fiscal do Trabalho e membro do Comitê Gestor do eSocial, José Alberto Maia. Representantes do CFC, do Sebrae, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e um grupo de empresas de softwares contábeis também participaram do evento.

 

 

Comente »